16 de junho de 2014

Resenha #10 - O Gamo-Rei - As Brumas de Avalon Vol. 3


Autora: Marion Zimmer Bradley
Páginas: 211
Editora: Imago

Sinopse: Reconta a lenda do rei Artur através da perspectiva de suas heroínas. Guinevere se casou com Artur por determinação do pai, mas era apaixonada por Lancelote. Ela não conseguiu dar um filho e herdeiro para o marido, o que gera sérias conseqüências políticas para o reino de Camelot. Sua dedicação ao cristianismo acaba colocando Artur, e com ele toda a Bretanha, sob a influência dos padres cristãos, apesar de ser juramento de respeitar a velha religião de Avalon. Além da mãe de Artur, Igraine e de Viviane, a Senhora do Lago que é a Grande Sacerdotisa de Avalon, uma outra mulher é fundamental na trama: Morgana, a irmã de Artur. Ela é vibrante, ardente em seus amores e em suas fidelidades, e polariza a história com Guinevere, constituindo-se em a sua grande rival. Sendo uma sacerdotisa de Avalon, ela tem a Visão, o que a transforma em uma mulher atormentada. Trata-se, acima de tudo, da história do conflito entre o cristianismo, representado por Guinevere, e da velha religião de Avalon, representada por Morgana. Ao acompanhar a evolução da história de Guinevere e de Morgana, assim como dos numerosos personagens que as cercam, acompanhamos também o destino das terras que mais tarde seriam conhecidas com Grã-Bretanha. As Brumas de Avalon evoca uma Bretanha que é ao mesmo tempo real e lendária - desde as suas desesperadas guerras pela sobrevivência contra a invasão saxônica até as tragédias que acompanham Artur até a sua morte e o fim da influência mítica por ele representada. Igraine, Viviane, Guinevere e Morgana revelam através da história de suas vidas e sentimentos a lenda do rei Artur, como se ela fosse nova e original.

Esse é o terceiro volume das Brumas de Avalon  como sempre algum livro não poderia fugir da maldição das séries! Este foi de longe o pior que li. Ficou enrolando e embromando muito no começo da história.
Além de Morgana recontar a sua falha em não chegar a Avalon e acabar no país das Fadas, também nos é mostrada a teimosia da Grande Rainha em ir visitar o homem que se intitula seu meio irmão, sozinha. Ela acaba pagando por sua ingenuidade e é estrupada por esse na tentativa do mesmo chegar ao trono.
Para tentar salvar o reino e Artur de um escândalo Morgana trama com Elaine para casar a moça com Lancelot. O Rei aparece e pega os dois na cama, exigindo o casamento. Assim os planos de Morgana têm exito.
Neste livro também são revelados os sucessores do Merlim da Bretanha e da Senhora do Lago. Artur fica sabendo que o filho de sua irmã é fruto da noite em que os dois se deitaram juntos, sem saber as suas relações de parentesco. Para que isso não se espalhe na corte Morgana acaba casando-se com o velho Rei de Gales do Norte e indo morar longe da corte.
Apesar de todos os acontecimentos, sinto que o livro foi narrado com certo desânimo. Não me conquistou! Pensei até em abandonar a série, mas já falta tão pouco e gosto tanto da Morgana que continuarei lendo.
As correções estão perfeitas, mas as letras miúdas e páginas brancas aliadas a essa falta de vontade para com a história torna a leitura cansativa.

Quotes:

"Acompanhei o corpo de Viviane desde o grande salão da Távola Redonda, chorando pela segunda vez na vida,ao que podia me lembrar. Mais tarde, naquela mesma noite, tive uma discussão com Kevin." P. 70;

"Já não é mais sua rainha - Sorriu Meleagrant tranquilamente. - Quando eu tiver feito o que quero com você, ele não vai mais querê-la de volta. Antigamente, senhora, o marido da rainha era o rei da terra, e se eu lhe fizer filhos, ninguém se oporá ao meu reinado." P. 85 ;

"Não confio em talismãs de amor - respondeu rindo - embora esta noite ele vá beber alguma coisa em seu vinho que o deixará preparado para qualquer mulher. Esta noite, você não vai dormir aqui, mas num pavilhão perto da floresta, e Lancelot receberá uma mensagem dizendo que Gwenhwyfar chegou e mandou chamá-lo. Assim, ele irá a sua procura, no escuro. Não posso fazer nada mais que isso. Você deve estar preparada para ele..." P. 112; 

"Artur, Uriens é um aliado valioso. Você me disse que as minas de Gales são tão preciosas para nós quanto o eram para os romanos, pelo ferro e chumbo... e você tem uma parenta que ainda não casou. [...] Morgana é mais velha do que você, e como ele tem filhos e netos, não se importará muito que ela não lhe dê filhos." P. 189. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário