4 de julho de 2014

Resenha #15 - Abraham Lincoln Caçador de Vampiros


Autor: Seth Grahame Smith
Páginas: 336
Editora: Intrínseca

Sinopse: Indiana, 1818. A luz da lua cai através das florestas densas que cercam a cabana de apenas um quarto onde um Abraham Lincoln com apenas 9 anos se ajoelha ao lado do leito de morte de sua mãe. Só mais tarde o entristecido Abe descobriria que o ferimento fatal de sua mãe era, na verdade, culpa de um vampiro. Com o dom de suas legendária altura, força e habilidade com um machado, Abe sai em um caminho de vingança que irá levá-lo até a Casa Branca.

Ano passado vi o filme e adorei. Logo depois vendo as promoções da Submarino descobri esse livro. Na hora fiquei louca para lê-lo, não resisti e comprei. Semana passada o sorteei do meu potinho dos não lidos. :D
O livro é dividido em três partes. O Menino: relata a história dos pais de Abraham e sua vida até a primeira caçada de vampiros. A segunda, Caçador de Vampiros, é a sua vida adulta e o treinamento do futuro presidente. É nessa parte que Lincoln conhece Henry, um vampiro diferente dos outros. Ele ajuda Abe em suas caçadas dando-lhe os nomes e localizações dos alvos.

 A terceira parte, O Presidente, é quando Abe se casa com Mary, tem seus filhos, vira presidente e decide parar de caçar. É nessa fase que Lincoln descobre uma conspiração vampírica e acaba por fazer o ato que o deixaria marcado na história como o defensor da igualdade racial.

O livro não me pareceu tão entusiasmante quanto o filme. Eu esperava mais ação! A primeira parte enrolou muito e quando ele foi caçar realmente se passaram quatro anos sem que nada acontecesse. Mas então veio o final... Não sei se o filme acaba diferente ou se sou eu que não me lembro do seu final. Só sei que o término me deixou de queixo caído e ao mesmo tempo rindo de orelha a orelha!
A capa é linda e transmite bem os sentimentos da história. Nela é possível ver Abraham e seu fiel escudeiro - O Machado! A diagramação é incrível e a narrativa se altera entre descrições do autor, falas dos personagens e entradas do diário de Abe. As paginas são amarelas e a fonte agradável. Durante o texto aparecem algumas fotos para que se torne mais real a história que está sendo contada ali.

Então ao final o livro conseguiu nota 4 no Skoob. Grande parte pelo magnífico trabalho de pesquisa e o final surpreendente. Super indico para quem gosta de ficção histórica.

Quotes:

"Duas coisas estavam evidentes: tudo aquilo fora escrito pela mesma pessoa, e era muito, mas muito velho. [...] Este é o diário de Abraham Lincoln." P. 21;

"Um padrão surgiu entre as vítimas; eram todos negros livres, vagabundos, protitutas, viajantes e deficientes mentais." P. 31;

"Acabou que eu mal conseguia dizer onde terminava o machado e começava o meu braço." P. 38;

" - Mas outros virão. Abe já lhe dera as costas. - Então vou precisar de mais estacas." P. 66;

"Berrei para ele: Porque não me matou?! A resposta veio Calma do quarto ao lado: - Algumas pessoas, Abraham, são interessantes de mais para serem mortas." P. 79;

"O maldito palito não acendeu, havia ficado tempo demais dentro do meu casaco. O vampiro olhou para  mim intrigado." P. 126;

"Não vou arriscar deixar minha mulher viúva e meus filhos órfãos de pai." P. 198;

"Somos vampiros que acreditam nos direitos do homem - disse Henry. - Nós somos da União... e temos planos para você, meu velho amigo." P. 228;

"Ele deixara a barba crescer pela primeira vez na vida para esconder a cicatriz em seu queixo." P. 254;

"Foi o primeiro tiro da Guerra Civil." P. 261.

2 comentários:

  1. Eu adoro este livro!! Acho incrível!! E cheguei até a pensar que é verdade, rsrs.
    Gostei da resenha!! Muito legal mesmo!!

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lelê. Também gostei do livro e quanto a ser verdade ou não, nunca se sabe né! kkkkk :P Que bom que você gostou da resenha, estou tentando melhorar a cada dia. Obrigada pela visita.

      Bjoks da Gica.

      Excluir