11 de julho de 2014

Resenha #17 - Mulher Solteira Procura Homem Impotente para Relacionamento Sério

Autora: Gaby Hauptmann
Páginas: 303
Editora: Rocco

Sinopse: "Carmen Legg é uma mulher bonita, sexy e sensual. Bem sucedida nos negócios e os homens acham-na irresistível. Assediam-na constantemente e pedem sexo no primeiro encontro. Ela decide colocar um anúncio no jornal para procurar o companheiro perfeito: um homem inteligente mas impotente. Recebe muitas propostas e quando se apaixona pelo lindíssimo David, a sua melhor amiga faz-lhe ver que a opção que tomou não a faz tão feliz como julgara. Mas nada é impossível."

Comprei esse livro em 2011 e nunca havia lido. Agora com o Santo potinho dos Encalhados não lidos, ele foi finalmente prestigiado.
Carmen está a procura de um homem que não valorize somente o sexo. Ela está interessada em companheirismo, amizade e prazer em viver momentos a dois. É então que ela tem a brilhante ideia de colocar um anúncio no jornal a procura de um homem inteligente e impotente.
A autora apresenta seus personagens de maneira tão intensa que praticamente eles se tornam reais. Fiquei com uma inveja... também quero uma amiga como a de Carmen. Conforme as cartas vão chegando, vão acontecendo os encontros e casos muito hilários, mas o escolhido mesmo foi David, o homem dos sonhos de Carmen.
A história fica cada vez mais divertida e o final é totalmente inesperado e original. Esse é outro daqueles livros que me arrependo de ter demorado tanto para ler! Super indico. A capa não é das mais bonitas e atraentes, mas o conteúdo vale super a pena. A fonte está em um tamanho bom para a leitura, sem erros aparentes e as páginas são levemente amareladas. Tudo de bom. :D


Quotes:

"Refere-se a um problema acerca do qual ainda não ousei conversar com ninguém. Talvez a minha cadela Amoritta seja a única a ouvir os meus desabafos de vez em quando." P. 25;

"Depois pensei, com essas coisas não se brinca, que mulher procuraria um homem impotente se não quisesse mesmo um nessas condições?" P. 27;

"Neste ponto, Carmen interrompe a leitura. Foi precisamente isso que sonhou acordada ainda há pouco. Será possível?" P. 97.

Nenhum comentário:

Postar um comentário