23 de setembro de 2014

Resenha #25 - A Esperança

Contém Spoiler.

Sinopse: Depois de sobreviver duas vezes à crueldade de uma arena projetada para destruí-la, Katniss acreditava que não precisaria mais lutar. Mas as regras do jogo mudaram: com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução. A coragem de Katniss nos jogos fez nascer a esperança em um país disposto a fazer de tudo para se livrar da opressão. E agora, contra a própria vontade, ela precisa assumir seu lugar como símbolo da causa rebelde. Ela precisa virar o Tordo. O sucesso da revolução dependerá de Katniss aceitar ou não essa responsabilidade. Será que vale a pena colocar sua família em risco novamente? Será que as vidas de Peeta e Gale serão os tributos exigidos nessa nova guerra?

 Eu estava ansiosa para ler essa trilogia e depois que comecei fiquei mais ávida ainda pelo seu desfecho. Agora que já li is três posso afirmar que o melhor livro foi o Em Chamas, porque foi onde a história se desenvolveu mais.
Até a metade do livro achei a história meio parada, sem ritmo. Cheguei a dar o livro como perdido para a maldição das trilogias. Essa primeira parte é onde aparece o distrito 13, seu funcionamento, o que se faz no dia a dia e todas as outras especificidades que não sei se eram necessárias.
A guerra se instaura, Petta é telessequestrado e começa a atacar Katniss, os rebeldes vencem e Coim é morta no lugar de Snow. Mas o que me deixou mais triste foi o final que a autora deu para Prim. Quase abandonei o livro pela segunda vez! Apesar de todos os contratempos da história, adorei o seu final e indico essa trilogia para quem gosta de ação e distopia.
A autora está de parabéns, assim como a editora. A diagramação, letras, espaçamento, páginas amareladas, tornam os livros ainda mais adoráveis. Amei realmente!!!

Quotes:

"Meu nome é Katniss Everden. Eu tenho 17 anos de idade. Minha casa é o distrito 12. Eu estava nos Jogos Vorazes. Eu escapei. A capital me odeia. Peeta foi feito prisioneiro. Ele é considerado morto. O mais provável é que ele está morto. É provavelmente melhor se ele estiver morto..." P. 6;

"As palavras são outra coisa que não são desperdiçadas no 13. Coin chama a atenção do público e diz-lhes que consenti em ser o tordo." P. 39;

"Eles estavam certos. Me deixou. Mas não tão doente quanto você mentindo para mim por causa da Coin." P. 73;

"Tento imaginar um mundo onde a voz de ambos, Gale e Peeta, se cessaram." P. 99;

"O tridente que Beete designou para Finnick tem uma porção de características especiais, mas o mais notável é que ele pode lançá-lo, pressionando um botão em um punho de metal em seu pulso, e retorná-lo para sua mão sem ter de procurá-li." P. 151;

"Nós aprendemos a nos manter ocupados de novo." P. 227.

Nenhum comentário:

Postar um comentário