27 de dezembro de 2014

Aviso #35 - Meta de Leitura para 2015

Olá pessoal. Vim compartilhar com vocês a minha meta de leitura para 2015. Espero que eu consiga cumprir. Planejei poucos livros, pois tenho mais dois do sorteio da TBRJar por mês e ainda por cima os da faculdade. Então vou pegar leve já que este será, talvez, meu último ano de faculdade e o mais intenso. Vamos a eles então!

Meu Conto Não É de Fadas: Resenha

Uma jovem que precisa de dinheiro para solucionar seus problemas. Um rapaz que tem muitas oportunidades de crescer mas não dá valor. Esses são Keylli D’Waise e Eduardo Ferrero, dois jovens que tem seus caminhos cruzados quando por mera coincidência, um precisa do outro.
Keylli é uma moça simples de bom coração, que vê sua vida mudar após a morte inesperada de seu pai, um homem influente que trabalhava como vice-presidente de uma importante empresa alimentícia e garantia ótimas condições de vida á família.
Eduardo é um playboy ricaço, que só pensa em curtir intensamente cada momento e por se envolver em muitas confusões, acaba envergonhando o nome de seu pai, um senhor milionário.
Ao ver sua família na ruína, Keylli resolve ir para a cidade na esperança de encontrar melhores condições de trabalho. E é exatamente na cidade, que por motivos de força maior, a jovem acaba se envolvendo com Edu.
Porém, esse envolvimento entre ambos, esconde um segredo que colocará o amor que nascerá entre os dois á prova, já que além desse segredo, um triângulo amoroso será formado.Poderá a força do amor vencer todas as mentiras, lágrimas e decepções?

Contos da Gih - Gislaine Oliveira: 



Destrua-me:

Em estilhaça-me de Tahereh Mafi, Juliette escapou o restabelecimento seduzindo Warner e, em seguida, colocando uma bala em seu ombro. Mas como ela vai aprender em Destrua-me, que Warner não é tão fácil de se livrar. . .
De volta à base e se recuperando de seu ferimento quase fatal, a Warner fará de tudo em seu poder para manter seus soldados em cheque e suprimir qualquer menção de uma rebelião no setor. Ainda que obcecado com Juliette, como sempre, a sua primeira prioridade é encontrá-la, trazê-la de volta, e dispor de Adam e Kenji, os dois traidores que ajudaram a sua fuga. Mas quando o pai de Warner, O Comandante Supremo do restabelecimento, chega para corrigir os erros de seu filho, é claro que ele tem muito planos diferentes para Juliette. Planos esses que Warner simplesmente não pode permitir.
Na sequencia de Estilhaça-me e antes de sua próxima sequencia, Liberta-me, Destrua-me é uma estoria contada a partir da perspectiva da Warner, o líder cruel do Setor 45.



Liberta-me:



Liberta-me é o segundo livro da trilogia de Tahereh Mafi. Se no primeiro, Estilhaça-me, importava garantir a sobrevivência e fugir das atrocidades do Restabelecimento, em Liberta-me é possível sentir toda a sensibilidade e tristeza que emanam do coração da heroína, Juliette.
Abandonada à própria sorte, impossibilitada de tocar qualquer ser humano, Juliette vai procurar entender os movimentos de seu coração, a maneira como seus sentimentos se confundem e até onde ela pode realmente ir para ter o controle de sua própria vida. Uma metáfora para a vida de jovens de todas as idades que também enfrentam uma espécie de distopia moderna, em que dúvidas e medos caminham lado a lado com a esperança, o desejo e o amor.





Cidade das Cinzas: Resenha
Clary Fray só queria que sua vida voltasse ao normal. Mas o que é “normal” quando você é uma Caçadora de Sombras assassina de demônios, sua mãe está em um coma magicamente induzido e você de repente descobre que criaturas como lobisomens, vampiros e fadas realmente existem? Se Clary deixasse o mundo dos Caçadores de Sombras para trás, isso significaria mais tempo com o melhor amigo, Simon, que está se tornando mais do que só isso. Mas o mundo dos Caçadores não está disposto a abrir mão de Clary — especialmente o belo e irritante Jace, que por acaso ela descobriu ser seu irmão. E a única chance de salvar a mãe dos dois parece ser encontrar o perverso ex-Caçador de Sombras Valentim, que com certeza é louco, mau... e também o pai de Clary e Jace.
Para complicar ainda mais, alguém na cidade de Nova York está matando jovens do Submundo. Será que Valentim está por trás dessas mortes? E se sim, qual é o seu objetivo? Quando o segundo dos Instrumentos Mortais, a Espada da Alma, é roubada, a aterrorizante Inquisidora chega ao Instituto para investigar — e suas suspeitas caem diretamente sobre Jace. Como Clary pode impedir os planos malignos de Valentim se Jace está disposto a trair tudo aquilo em que acredita para ajudar o pai?
Nessa sequência de tirar o fôlego da série Os Instrumentos Mortais, Cassandra Clare atrai os leitores de volta para o lado mais obscuro do submundo de Nova York, onde amar nunca é seguro e o poder se torna a mais mortal das tentações.

Profundezas:


Um ano depois dos acontecimentos que mataram sua irmã e transformaram Vanessa em sereia, ela tenta desesperadamente manter sua família unida e retomar a vida 'normal'. Mas, não importa quantas vezes mergulhe ou quanta água salgada beba, Vanessa se sente cada vez mais fraca. Ela não tem ideia de como viver na condição de sereia e não quer mais ter que lidar com sua recém-descoberta identidade. É tudo assustador demais. De volta a Winter Harbor para passar o verão, as lembranças do ex-namorado, Simon, estão em toda parte. Vanessa o ama e faria tudo para que o relacionamento desse certo. Mas como pode pedir que ele a aceite de volta, se ela é uma criatura que só trará mais problemas a ele? E como Simon poderá amá-la quando descobrir a terrível verdade - que, para permanecer viva, Vanessa precisa satisfazer seus desejos de sereia, não importando quem saia machucado?




Os Arquivos Perdidos - Os Legados do Número Seis:




Quando, no meio da batalha contra os mogadorianos, John Smith recebe a ajuda de uma loriena forte, poderosa, com vários Legados desenvolvidos e pronta para lutar, surge a pergunta: quem é essa Número Seis? Os arquivos perdidos: Os Legados da Número Seis mergulha em parte da vida de Seis e sua Cêpan, Katarina. Onde elas moraram, como treinavam, de que maneira ela obteve tantas informações a respeito dos mogs e o que aconteceu para que se tornasse tão independente e mordaz — característica que, ao mesmo tempo, fascina e assusta aqueles que a conhecem, inclusive John.






O Poder dos Seis:


O planeta Lorien foi devastado pelos mogadorianos, e seus habitantes, dizimados. Exceto nove crianças e seus guardiões, que se exilaram na Terra. Eles são como os super-heróis que idolatramos nos filmes e nos quadrinhos – porém, são reais. O Número Um foi morto na Malásia. O Número Dois, na Inglaterra. E o Número Três, no Quênia. Tentaram pegar o Número Quatro, John Smith, em Ohio, e falharam.
Em O poder dos seis, John e a Número Seis se recuperam da grande batalha contra os mogadorianos, de quem ainda fogem para salvar a própria vida. Enquanto isso, a Número Sete está escondida em um convento na Espanha, acompanhando pela Internet notícias sobre John. Ela se pergunta onde estão Cinco e Seis, imaginando se um deles é a garota de cabelo preto e olhos cinzentos de seus sonhos, cujos poderes vão além de tudo o que ela já imaginou, aquela que tem a força necessária para reunir os seis sobreviventes.



Dragões de Éter - Corações de Neve:

Nova Ether é um mundo protegido por poderosos avatares em forma de fadas-amazonas. Um dia, porém, cansadas das falhas dos seres racionais, algumas delas se voltaram contra as antigas raças. E assim nasceu a Era Antiga. Hoje, Arzallum, o Maior dos Reinos, tem um novo rei, e a esperada Era Nova se inicia.
Entretanto, coisas estranhas continuam a acontecer... Uma adolescente desenvolve uma iniciação mística proibida, despertando dons extraordinários que tocam nos dois lados da vida. Dois irmãos descobrem uma ligação de família com antigos laços de magia negra, que lhes são cobrados. Duas antigas sociedades secretas que deveriam estar exterminadas renascem como uma única, extremamente furiosa.
Após duas décadas preso e prestes a completar 40 anos, um ex-prisioneiro reconhecido mundialmente pelas ideias de rebeldia e divisão justa dos bens roubados de ricos entre pobres é libertado, desenterrando velhas feridas, ressentimentos entre monarcas e canções de guerra perigosas. O último príncipe de Arzallum resgata sombrios segredos familiares e enfrenta o torneio de pugilismo mais famoso do mundo, despertando na jornada poderosas forças malignas e benignas além de seu controle e compreensão.
E a tecnologia do Oriente chega de maneira devastadora ao Grande Paço, dando início a um processo que irá unir magia e ciência, modificando todo o conhecimento científico que o Ocidente imaginava possuir.
E o mundo mudará. Mais uma vez.

O Mago de Camelot: Resenha


De uma infância pobre e sofrida à irresistível ascensão aos salões dos grandes reis; de um começo sem esperanças ao despertar de um poder inigualável e temido, Merlin vem a se tornar o homem mais influente da Idade das Trevas. Confidente supremo do rei Artur e maior conselheiro da corte de Camelot. Misterioso e enigmático. Amado e odiado. Druida, monge e mago.
Na Britânia do Século V da Era Cristã – abandonada pela queda do Império Romano à barbárie dos invasores saxões –, Merlin surge para impor um novo tipo de rei a um povo abatido e desesperado, alterando, para sempre, não apenas o destino dos britânicos, mas de toda a humanidade.
A saga de um homem determinado a erigir uma civilização de paz e justiça numa terra devastada pelo caos e pela guerra irrompe em uma aventura épica e brutal que equilibra realismo duro com doses amargas de magia.




A Senhora do Trílio: Resenha


Na década de 1990, três expoentes da ficção reúnem-se para criar três personagens de uma saga. Marion Zimmer Bradley, Julian May e Andre Norton iniciaram, então, a história das princesas trigêmeas de Ruwenda, com a obra O Trílio Negro, lançada pela Rocco.
Em A Senhora do Trílio, Haramis - a Senhora de Branco -, a útima das princesas gêmeas viva, sente que seu fim está próximo. A arquimaga de Ruwenda e Labornok deve encontrar e preparar uma sucessora para garantir o equilíbrio e o futuro do reino. A princesa Mikayla, a escolhida, pensa apenas, no entanto, em se casar com Fiolon de Var e ter uma vida tranquila, longe das tarefas de arquimaga.
Mais uma vez, Marion Zimmer Bradley nos pesenteia com uma história de aventura e amor, cuja trama é repleta de surpresas, muita ação e suspense.




O Trílio Dourado: Resenha

A história das três irmãs gêmeas, princesas Haramis, Anigel e Kadiya, começou com O trílio negro. A saga continuou com Julian May em O trílio de sangue. Agora Andre Norton retoma a história quando a princesa Kadiya enfrenta um mal infinito de poder abominável que ameaça o reino de Ruwenda. Haramis, Anigel e Kadiya derrotaram o maligno feiticeiro Orogastus, unificaram os reinos de Ruwenda e Labornok e restauraram o precário equilíbrio num mundo dividido. Com sua espada mística trilobada, Kadiya viaja para os pântanos sufocantes de Ruwenda, buscando cumprir seu destino entre os seus habitantes, os oddlings, cujos exércitos havia liderado uma vez. Kadiya se aventura até a cidade perdida dos Desaparecidos e descobre uma estranha raça, que vive dentro dos muros proibidos. Criaturas minúsculas e inteligentes, conhecidas como hassittis, que esperam pacientemente, mas em vão, a volta dos Desaparecidos. Os hassittis conseguem ´captar sonhos´ de contecimentos e de lugares distantes, e suas visões trazem avisos vívidos e perturbadores sobre uma ameaça desconhecida, vinda das montanhas do oeste. Essa apreensão é logo confirmada por uma misteriosa praga, que se alastra a partir das montanhas ocidentais, uma doença mortal que deixa um rastro de destruição por onde passa. O Portador da doença maligna se aproxima dos domínios dos skriteks, os terríveis monstros sáurios que se alimentam da carne de criaturas vivas, inimigos dos oddlings e dos humanos, seres que cultivam um ódio implacável. Kadiya, acompanhada apenas de três oddlings, entra no Inferno Espinhoso, o reino pestilento dos skriteks, para enfrentar a origem da praga e descobrir um meio de derrotá-la. Lá se depara com um portal que conduz a um universo de escuridão aterradora, uma passagem fétida que ameaça a existência do mundo das Três Luas.

E esses são os livros e contos que eu elenquei para serem lidos no ano que vem. Não são muitos como eu falei, mas se sobrar tempo eu escolho mais alguns. O que vocês acharam dos meus escolhidos? Já leram algum? Espero o comentário de tod@s.

Bjoks da Gica.

Atualização em 28/10/2015.

4 comentários:

  1. O Mago de Camelot é muito bom!!!!!

    Eu nem vou fazer metas porque simplesmente não cumpro, rsrs. Minha meta é ler tudo que tenho pra ler um dia. Assim fica mais fácil.

    Adorei amore!!!! Adorei ter conhecido você esse ano!! Obrigada por tudo, mesmo!!

    Feliz ano novo minha flor!!

    Bjkssssss

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lelê. Espero que ele preencha minha expectativas! kkkk
      Eu faço metas porque se não sou uma desorganizada e nunca sei qual livro pegar. Então assim fica mais fácil pra mim. Mas claro que um dia vou ler tudo que tenho para ler, assim como você.

      Também adorei ter te conhecido esse ano Lelê. Obrigada por tudo e que possamos seguir construindo essa amizade em 2015. :D :D Feliz ano novo.

      Bjoks da Gica.

      Excluir
  2. Oiii Gi. Não tinha visto essa postagem ai ainda :)
    Que lindo meus contos aí =D
    Também vou ler o livro da Bárbara, mas ainda estou tentando me organizar com tanta leitura, hehehhe
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gih. Lancei umas quantas no mesmo dia por causa do atraso que deixei o blog. Mas vou aproveitar as férias para ver se coloco tudo em dia! Ahhhh benditas férias... :D :D Eu também estou tentando me organizar, por isso a listinha. Acho que fica mais fácil assim. Obrigada pela visita.

      Bjoks da Gica.

      Excluir