8 de janeiro de 2015

Resenha #42 - O Mago de Camelot: A Saga de Merlim para Coroar um Dragão


Oi pessoal, como estão? Espero que todos bem. Hoje vim trazer para vocês a resenha do primeiro livro da Maratona Literária #EuToDeFérias e o escolhido foi o livro O Mago de Camelot do Autor Marcelo Hipólito, publicado pela editora Novo Século. Vem comigo e não esqueçam de deixar seus comentários antes de saírem hein! kkkkk

Autor: Marcelo Hipólito
Páginas: 151
Editora: Novo Século

Sinopse: De uma infância pobre e sofrida à irresistível ascensão aos salões dos grandes reis; de um começo sem esperanças ao despertar de um poder inigualável e temido, Merlin vem a se tornar o homem mais influente da Idade das Trevas. Confidente supremo do rei Artur e maior conselheiro da corte de Camelot. Misterioso e enigmático. Amado e odiado. Druida, monge e mago.
Na Britânia do Século V da Era Cristã – abandonada pela queda do Império Romano à barbárie dos invasores saxões –, Merlin surge para impor um novo tipo de rei a um povo abatido e desesperado, alterando, para sempre, não apenas o destino dos britânicos, mas de toda a humanidade.
A saga de um homem determinado a erigir uma civilização de paz e justiça numa terra devastada pelo caos e pela guerra irrompe em uma aventura épica e brutal que equilibra realismo duro com doses amargas de magia.

Conheci esse livro através do blog da Lelê, o Tô Pensando em Ler. De cara ele me chamou muito a atenção. Adoro as histórias do velho mago!

"E seria justamente uma visão a responsável por trazê-la aos confins da cornóvia, ao lhe revelar o maior segredo dos druidas: a localização de Avalon, desconhecida até dos reis britânicos." P. 10;

O livro começa com uma sacerdotisa prevendo a chegada de um bebê que unificará a Britânia. Logo após temos um salto temporal e vamos para a história que mostra o Merlim ainda pequeno, sua triste vida ao lado do irmão que culmina com sua chegada as mãos de um druida.

"Uma tempestade despontava no horizonte. Relâmpagos rasgavam nuvens rabugentas. Um aguaceiro agourento esperava por Blaise e Merlim em seu caminho para a remota terra dos druidas: a proibida e misteriosa Avalon." P. 36;

Nesse intermédio o Rei Constantino é traído e assassinado, seu trono usurpado e seus herdeiros, Aurélius e Uther, juram retomá-lo. É aí que começa o futuro de Merlim. Ele está destinado a ajudar o herdeiro legítimo a chegar ao trono.

"Formando um contingente de trezentas almas sob o recém inaugurado estandarte de Uther Pendragon: Um severo dragão branco, empinado sobre as patas traseiras, num fundo vermelho-sangue." P. 69;
Para que isso aconteça ele usa todos os poderes que tem, fazendo assim com que Uther consiga retomar o trono. Ao fazer isso ganha a inimizade de Morgana, que aqui é ainda uma criança, mas que mesmo sem treinamento nas artes da magia já demostra ser uma bruxa poderosa.

"Desde então, Merlim jurara libertar a mente e o espírito humano do jugo da religião. Nem druida, nem monge. Agora, chamava a si mesmo de Mago." P. 87;

Se você leu As Brumas de Avalon ou qualquer outra história de Artur já está familiarizado com os personagens. Só que aqui eles tem origens e caráter diferentes.
"Morgana não tardou a assimilar os rituais e, em pouco tempo, superar as colegas nos caminhos tortuosos da Antiga Arte, criando seus próprios feitiços." P. 89;

O Merlim não é aquele druida bondoso e que coloca a religião acima de tudo. Pelo contrario, ele é um homem esperto e que não mede esforços para chegar onde quer. Morgana por sua vez não demonstra nenhum sentimento por ninguém e não exita em se deitar com qualquer um para conseguir o que quer. Sua alma foi tomada por ódio e vingança! Além da diferença nítida nos outros personagens da história.


A capa está linda e enigmática como a história. As páginas são amarelas e as letras pequenas são compensadas por um bom espaçamento. Ao final o livro ganhou quatro estrelinhas, mas é só porque não gosto quando retratam a Morgana como uma bruxa tão fria e desprovida de sentimentos. Mas mesmo assim a leitura está super recomendada!

11 comentários:

  1. Oiii Gi, tudo bem??? Fiquei conhecendo o livro, te acompanhando :)
    Parece ser uma história bem legal. Eu ia gostar bastante, acho.
    Ainda não li Avalon, mas esses dias estava em uma super promoção e eu quase comprei <3 Mas acabou não rolando :(
    Um beijão e boa maratona =D
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gih. Que bom que pude indicar um livro de literatura nacional para você! kkkk :D :D Apesar da leitura do volume 3 de Avalon ser meio arrastada eu super indico a leitura viu. Bom indico de qualquer um dos dois! Obrigada pela visita.

      Bjoks da Gica.

      Excluir
  2. Oie, Gi!

    Sempre deixo bem claro que sou meio "um pé atrás" com a literatura nacional porque não tive boas experiências. Mas desde que comecei a visitar blogs de resenha, minha visão tem mudado muito. Estou encontrando indicações maravilhosas, especialmente do meu gênero favorito, que é fantasia. Adoro Camelot, e acho que também não vou curtir muito a retratação dessa nova Morgana porque não a imagino assim, mas quero dar uma chance.

    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, já estou curtindo e seguindo sua página. Beijos, flor!

      Excluir
    2. Oi Celly. Não imagina como fico feliz de ver você dizer que está mudando a visão sobre a literatura nacional. Realmente não gosto dos clássicos, apesar que tem umas hqs sendo lançadas que achei o máximo, mas tem muito livro bom sendo lançado e já escrito por brasileiro.
      Também tenho uma queda por fantasia, mas já achei livro nacional que é romance e que me deixou caidinha de amores! <3 :D :D Espero que você possa dar uma chance ao livro sim e depois que ler me conte o que achou.
      Vou visitar o seu cantinho e retribuir o carinho. Obrigada pela visita.

      Bjoks da Gica.

      Excluir
  3. Oi Gi, tudo bem?

    Lembro que li esse livro e gostei bastante, mesmo achando que tinha muuuuitos personagens e ficou meio difícil pra mim gravar tudo hahahah Mas concordo com você, também não gostei nada da forma como Morgana foi apresentada... É uma das personagens que mais gosto.

    Beijos
    http://www.carolice.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol. Tudo ótimo e com você? Que bom que gostou da leitura e fico mais feliz ainda em saber que não fui a unica que não gostou como a Morgana foi retratada aqui. :D :D Obrigada pela visita.

      Bjoks da Gica.

      Excluir
  4. Embora pareça ser super bacana, não faz exatamente meu estilo de livros.
    Confesso que não sou a maior fã de livros de fantasia... Sou apaixonada pelo bom e velho romance *-*

    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lica. Cada um tem seu estilo que leitura né, mas se um dia quiser fugir do mar calmo do romance já sabe para que lado pegar! kkkkk Amo fantasias, ainda mais as que envolvem magos como Merlim e Morgana. <3 Obrigada pela visita.

      Bjoks da Gica.

      Excluir
  5. Olá,
    Eu já tinha lido resenhas desse livro em outro lugar e achei a proposta dele bem interessante e bacana, apesar de não fazer muito meu estilo, eu leria se tivesse oportunidade.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Inês. Que bom que você daria uma chance para ele apesar de não ser o seu estilo. Acho tão legal essas pessoas que se arriscam a ler coisas fora do seu estilo favorito. Parabéns!

      Bjoks da Gica.

      Excluir