23 de fevereiro de 2015

Resenha #57 - Raptores

Oi pessoas lindas do meu coração. Como estão??? Espero que todos bem. Hoje vim trazer mais uma resenha de um conto que participou da maratona literária de carnaval. Vamos conferir!

Autora: Pat Kovacs
Páginas: 86
Editora: Clube dos Autores

Sinopse: "Eu cavo, tu cavas, ele cava, nós cavamos, vós cavais, eles cavam. Não rima, nem é bonito, mas é profundo.”
Estas palavras, de Aparício Torelly, o Barão de Itararé, revelam um duplo sentido: são cômicas mas também são trágicas.
Raptores nos leva a uma viagem que possui a beleza do humor na construção do relacionamento entre o irreverente Blasco Uchoa e a reservada Luzmarina Lopez.
Mas Raptores também nos mostra um buraco profundo, que não rima e nem é bonito, a fossa que estamos cavando: o desastre ambiental!

Última leitura da maratona literária de carnaval. Eu havia separado muito mais contos e micro contos para ler, mas infelizmente não tive tempo. Raptores foi uma leitura um pouco arrastada. Vem conferir comigo porque isso!

"dentre os Encantados, alguns possuem Dons dos mais especiais; estes são elevados a categoria de Raptores, verdadeiros Vigilantes que protegem animais, vegetais, as forma de vida desta nossa Sagrada Espaçonave Azul chamada Terra!"

Raptores não é sinônimo que rapto ou sequestro como eu havia imaginado e sim de pessoas com 'poderes' que protegem a natureza e lugares especiais. Nesse quesito eu amei a ideia do livro.

"uma optou morrer com aqueles que amava e não conseguia mais proteger... e outro enlouqueceu por esta dor... um casal se desfez... e um monstro nasceu!"

Miguel é apaixonado por um Raptora que não conseguiu proteger o seu local então se entregou para os humanos que a mataram. Então ele enlouquece e se corrompe. Mas antes ele havia treinado o Uchoa, outro homem lobo que ficou em seu lugar.

"Por meu próprio desejo, jamais quero estar livre do senhor. mas és um Raptor e muito me preocupam os irmãos das terras espanholas. O mundo está mudando, meu amado. Os humanos estão despertando e os ocidentais começam a sair da Era das Trevas. Isso tanto pode ser um sinal de progresso espiritual quanto... o início de uma longa queda que levará muitos com eles."

Uchoa conhece uma pesquisadora humana e se apaixona por ela, mas Miguel tem como missão matá-la. Agora os dois homens lobo se enfrentaram enquanto o lince protege a humana.

"E o estampido seco do tiro reverberou colina acima, rebatendo em cada uma daquelas velhas árvores da floresta ibérica."

Eu amei a história, mas os saltos no tempo são muito longos e não há nada para nos orientarmos. Além do texto ter muitos erros de português e de revisão e isso torna a leitura um pouco mais difícil. Como ponto positivo tem essa ideia maravilhosa de proteção a natureza e as ilustrações super legais que há durante a narrativa.
Ainda não consegui decidir se amei ou se odiei essa história. Irei ler o próximo livro, são um total de três, para decidir se amo ou não. Por enquanto, se você ficou curioso, indico que leia e descubra sozinho se é válido ou não.

9 comentários:

  1. Oi, tudo joia?
    Adorei sua resenha, ela ficou bem completa apesar de curta, gosto de resenhas assim haha, mas acho que não leria esse livro, não me chamou muito a atenção;

    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joice. Tudo ótimo e com você???

      Que bom que você gostou da resenha. Pena, mas super aconselho a dar uma chance a ele viu. :D
      Obrigada pela visita.

      Bjoks da Gica.

      Excluir
  2. Gi, leia sim!!! Só assim para sanar essa dúvida... às vezes é preciso de mais para saber se a 'coisa' de fato nos agrada.

    Beijos.
    http://universoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fran.

      Vou ler sim, mas vou esperar um pouquinho. Estou com muitas leituras atrasadas, tanto de parceria como de metas. :P :P
      Obrigada pela visita.

      Bjoks da Gica.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Oii Gi, tudo bem??? Eu já te disse que não sou tão fã de contos né??? Mas contos mais longos assim eu gosto :)
    Ahhh, eu também acehi que era de raptar, kkkk
    A ideia em si é bem legal né? E revisão é um problema. Acabei de escrever a resenha de um, com muitos desses problemas. Mas a história era tão boa, que eu nem esquentei, kkkk
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gih! Tudo ótimo e com você???

      Também amei esse tipo de conto que é mais longo. Assim os personagens e a história toda consegue se desenvolver melhor.
      Que bom que a confusão com o nome do livro não foi só minha! kkkkk Acontece bastante, mas quanto melhor é a história menos denigre os erros! :D :D
      Obrigada pela visita.

      Bjoks da Gica.

      Excluir
  5. Oie! Que capa linda! Deve ser um livro muito bom!! <3
    Bjs, se puder comentar nessa resenha ajudaria muito:
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2015/03/starling.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Naylane.

      Também achei bem interessante a capa. :D Que bom que pode vir prestigiar a minha resenha.
      Obrigada pela visita.

      Bjoks da Gica.

      Excluir