13 de dezembro de 2015

Resenha 70 - Diário de um Zumbi do Minecraft: Parceiros e Rivais

Olá pessoal, como estão??? Espero que tod@s bem! Hoje vim trazer uma resenha de mais um livro da editora Sextante: Diário de um Zumbi do Minecraft, volume 2. Vamos curtir mais essa!

Autor: Herobrine Brooks
Páginas: 112
Editora: Sextante

Sinopse: A vida de um zumbi no ensino fundamental não é nada fácil.Seu zumbi de Minecraft preferido está de volta! (Falando sério: vai dizer que você conhecia outros?) Se você achava que o Ender Dragon e os golens de ferro eram perigosos, não imagina como é o dia a dia na Escola Monstro. Principalmente quando Mike Magma, o valentão da escola, une forças com Mutante, o aluno novo de 2 metros de altura com o peito do tamanho de uma casa. Nosso amigo zumbi será capaz de deter os valentões? E se conseguir, vai continuar inteiro para contar a história? Junte-se ao nosso herói, sua namorada, Sally Cadáver, e seus amigos Esquely, Slimey e Creepy para a derradeira batalha de suas vidas... uma partida de QUEIMADO! Prepare-se para mais emoção e mais sustos neste segundo volume!

Pedi esse livro pela parceria com a editora. Como já tinha lido Salsichas Galácticas, que tem pegada infantil, e havia gostado, resolvi dar uma chance para este também.
A história se passa na Escola Monstro. Podemos ver mais dos seus amigos Esquely, Slimey e Creepy. Já a namorada Sally aparece bem pouco. E pode ter certeza que confusões não faltam nesse livro.
Primeiramente aparece o jogo Plants vs. Zombies, emprestado pelo amigo humano Steve. O nosso zumbizinho acha que vai arrasar com essa novidade, mas acaba, na verdade, expulsando todos os seus amigos da casa dele.
Logo após, aparece na escola, durante uma partida de queimado, o maior zumbi que vocês já viram (isso se alguém viu algum por aí! kkkkk). Mutante, já dá para ver o perigo no nome, é um zumbi de quase dois metros de altura e do tamanho de uma casa. Além disso ele se alia ao mais temido valentão da escola, Mike Magma.
É quando o personagem principal passa a sofrer bullying, a ser agredido, a perder o dinheiro do almoço e muito mais. Então o Zumbi começa a procurar conselhos de sua mãe, pai, professora e conhecidos para saber como acabar com essa situação. Um dia, quando estava indo para a escola, depois de ser agredido, recebe um conselho. "Todo valentão que faz bullying também sofre de alguma forma". Não concordei com isso não. Tá pode ser que algumas vezes até aconteça isso, mas também tem aqueles que cometem bullying só por prazer de ver os outros sofrendo ou, ainda, aqueles que cometem bullying sem nem saber que o estão fazendo.
Em uma visita ao local de trabalho dos pais, o zumbizinho encontra a casa do Mutante. Aliado a isso, descobre, também, dois segredos sobre o mesmo que poderá ajudá-lo ou ferrá-lo para sempre. E o pior, haverá outra partida de queimado na Escola Monstro.
Diário de um Zumbi do Minecraft tem capa dura, páginas amarelas e sua leitura é bem rápida. A edição está maravilhosa e cheia de ilustrações. Bom, o livro é infantil, mas não caiu nas minhas graças. Claro, ele não deixa de ser legal e de merecer ser indicado, mas não foi aquela leitura envolvente. Por fim, dei três estrelinhas para ele no Skoob.

E aí pessoal, já tinham ouvido falar desse livro??? Ficaram curiosos??? Não esqueçam de deixar seus comentários. Vou adorar responder a tod@s.


Bjoks da Gica.

7 comentários:

  1. Oi Giane! Não conhecia o livro não, mas não faz muito meu gênero embora por sua resenha eu acho que daria um bom filme kkkkk


    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi.

      Também acho que daria um ótimo filme. Como livro não me conquistou, mas quem sabe nas telinhas não ficaria melhor! :P :D Obrigada pela visita.

      Bjoks da Gica.

      Excluir
  2. Esse livro é a cara dos meus alunos! Eles amam esse jogo, até já instalaram no meu celular, infelizmente eu não consegui me adaptar por pura falta de tempo ando correndo muito e não consigo para e jogar, acabo dando preferencia a livros e blogs. Mas queria muito conseguir jogar, senti muita vontade de ler esse livro e me aproximar um pouco mais do universo dos meus alunos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pandora.

      Eu também não consegui jogar isso, nem no celular, nem no pc! :P Não entendi muito bem os objetivos... kkkkk Espero que você consiga lê-lo e que goste para indicar, assim, aos seus alunos. Obrigada pela visita.

      Bjoks da Gica.

      Excluir
    2. Oi Pandora.

      Eu também não consegui jogar isso, nem no celular, nem no pc! :P Não entendi muito bem os objetivos... kkkkk Espero que você consiga lê-lo e que goste para indicar, assim, aos seus alunos. Obrigada pela visita.

      Bjoks da Gica.

      Excluir
  3. Oi Gi. É a primeira vez que ouço falar desse livro.
    Achei interessante que com uma arbodagem diferente trabalha a questão do bullying. Essa frase que você destacou eu acho bem verdadeira, apesar de concordar que há exceções.
    Abraços.
    Minhas Impressões

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria.

      Que bom que pude trazer um livro que você ainda não conhecia! :D :D Sim, acho que muita gente irá concordar comigo quanto a essa questão que nem todo mundo que comete é porque sofre bullying. :P :P Infelizmente ainda existem essas pequenas mazelas a se passar. :( Obrigada pela visita.

      Bjoks da Gica.

      Excluir