5 de junho de 2016

Resenha #78 - Um Toque de Morte

Olá pessoal, como estão? Espero que tod@s bem! Eu estou levando... explicarei melhor num próximo post. Hoje vim compartilhar com vocês a leitura que fiz. Vamos a ela então!!!


Conheci o livro Um Toque de Morte - A Ordem, da autora Luiza Salazar, através da parceria com a Editora Draco. Em uma campanha promocional eles distribuíram para alguns blogs promocodes de ebooks. Eu escolhi um para esse livro, que por sinal estava louca de vontade de ler.

"Muita gente tem medo de morrer. Medo de não fazer tudo o que sempre quis, medo de ter a vida tragicamente arrancada, mesmo se ela não for tão boa. As pessoas tendem a se sentir injustiçadas quando não morrem exatamente do jeito e na hora que estavam esperando. Eu não estou sendo religiosa, nem esotérica. Eu não estou divagando sobre o além e nem tirando a razão das pessoas que não saem de casa porque têm medo de morrer. Eu só estou dizendo que medo de morrer não é nada se comparado ao medo de matar. Acredite em mim, eu sei." P. 42

Katherine ou Kat, como gosta de ser chamada, é uma menina aparentemente normal. Ela estuda, divide o apartamento com uma amiga e tem um trabalho num bar. O que torna Kat diferente da grande maioria é que ela tem um dom ou maldição, depende de como você encara isso. Ela é uma Ceifadora!

"- Vince... - eu murmuro. - Vince, minhas mãos... não toquem... - eu sou interrompida por outro acesso de tosse e dessa vez a rua se suja de sangue." P. 1317

Aos poucos Kat nos introduz na história de sua vida, em suas mentiras (todas por uma boa causa) e no trabalho sujo que tem que fazer. Quando Vince e Eric surgem na escola é que a coisa começa a ficar realmente boa. Apesar do Vince ganhar muito mais espaço, nos primeiros capítulos, sempre torci pelo Eric!

"Meu queixo cai. Literalmente. Como eu deveria reagir a isto? Eu me sinto completamente entorpecida. Isso não é possível. Eu já vi a vida abandonando as pessoas, desaparecendo como fumaça no ar." P. 1450

Kat está juntando dinheiro para poder sair dessa vida que leva e ir morar bem longe, mas então é contratada para roubar um pendrive e esse roubo lhe proporcionará sua liberdade. Ela aceita, mas não sabe que isso fará com que ela tenha de escolher entre um dos lados - Vince ou Eric.

"- Valentina faz parte, uma grande parte, na verdade, de um grupo que se chama Legião. E eu, assim como Roxanne e Eric, faço parte de outro grupo, conhecido como a Ordem." P. 2019

Assim como Kat, as pessoas que compõe esses grupos são especiais, porém nenhuma tem o dom de ceifar vidas e é por isso que as duas organizações vão brigar para tê-la em seu "catálogo". O problema é que uma terá que vencer e a outra, provavelmente, irá a querer morta!

"Arrume uma desculpa. Encontre-me no mesmo lugar da última vez.
E." P. 3569

Eu simplesmente amei o livro. Não vou negar que tive um pouco de dificuldade de entrar na história, acho que pela maneira como é narrado, mas depois que me acostumei, amei verdadeiramente. Tive que me segurar para não correr para a Amazon e comprar o segundo volume: Um Beijo de Morte.

"- Kat - ela me chama, a voz firme de um jeito que eu nunca ouvi. Eu paro, mas não me viro. Se tiver que mentir na cara dela, eu não vou conseguir. -Eu sei que você tem seus problemas, seus segredos e eu nunca me meto nisso, você sabe. Mas eu realmente acho que você devia me ouvir dessa vez." P. 3170

Não achei nenhum erro de revisão e, como a leitura é no kindle, as letras e espaçamento são customizáveis a sua maneira (isso é só amor!). Achei que o título do livro entregou muito da história e da própria escolha da personagem. Porém, amei a capa, assim como a do segundo volume! Leitura 100% recomendada!

E aí, o que acharam da resenha? Já tinham ouvido falar do livro? E da autora? Fico no aguardo do comentário de vocês!

Bjoks da Gica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário