16 de janeiro de 2017

Resenha #82 - Eles Precisam Morrer

A leitura desse livro foi possível graças a parceria entre a Mônica e o Blog. É nesses momentos que percebo o quanto o blog influência minha vida, pois sem ele, raramente, conheceria novos escritores nacionais. Vale muito a pena dar uma chance a literatura nacional. Eu estou fazendo minha parte e você?

Alicia, Clara e Amanda são três adolescentes, prestes a fazerem 18 anos, que são amigas desde que se conhecem por gente, afinal não há mais nada, nem ninguém para elas. Alicia sonha em ir embora da pequena cidade na qual vive com sua família, ainda mais depois do acidente que ocorreu com sua mãe. Ela só teve que esperar por 11 anos para que isso fosse possível.

Clara é uma menina com baixa autoestima, pois tem problemas com acne e também com sua obesidade mórbida, a qual ela diz ser culpa da separação de seus pais. Ela vive tentando suicídio, porém estes sempre dão errado e ela acaba sofrendo mais ainda. Já Amanda é a personagem que tem os desejos mais simples nesta história e mesmo assim foi a que mais me intrigou. Ela mora com a avó desde que foi abandonada por sua mãe, porém nunca teve amor e nem carinho e sim desprezo e muito trabalho para fazer. Quase uma Cinderela!

Os problemas dessas adolescentes não são seus sonhos frustrados, mas sim sua falta de capacidade de agir frente as adversidades e obstáculos que encontram. Alicia quer ir embora, mas não quer passar trabalho; Clara quer ser diferente, se livrar do "pirralho" do Vinicius, que a atormenta, mas só se entope de comida e foge de tudo; Amanda quer se ver livre da avó, mas não quer sair de casa. Então a única opção é que todos que atrapalham suas vidas morram, porém nesse caminho elas descobrirão quem é que realmente impede que suas vidas sigam em frente.

O final do livro realmente foi maravilhoso, pois, de certa forma, me surpreendeu. Apesar de o fim das personagens ser o que eu já esperava, me surpreendi com a revelação feita nas últimas páginas e também com o "como tudo aconteceu". Mudei totalmente meu ponto de vista durante a leitura, já que descobri que quem eu achava que era mentalmente desequilibrada, na verdade não era nada se comparado a quem estava por trás de tudo!

Monica escreve maravilhosamente, descreve os locais e os personagens de modo que você se sente na pele deles, vivendo suas angústias e vendo por seus olhos! O trabalho de edição e revisão do livro também está bem feito, as páginas amarelas e o bom espaçamento entre as linhas possibilitam que a leitura flua de tal maneira que você, praticamente, devora o livro.

Agradeço a autora pela oportunidade de ler sua obra e digo-lhe que já sou sua fã! Quanto a você, leitor(a) do blog dê uma chance a esse livro, tenho certeza de que não se arrependerá.


Bjoks da Gica.

Um comentário:

  1. Amei sua resenha! Fico muito feliz que você tenha gostado. Essa com certeza é a melhor parte em escrever, quando você recebe uma devolutiva positiva da pessoa que leu sua obra. Muitíssimo obrigada!

    ResponderExcluir